Diretoria de Relações Internacionais

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI) do Gabinete do Reitor da UFRJ tem como função trabalhar pela inserção internacional da universidade em prol de seus estudantes, professores e técnicos administrativos. 

 

Como principal mediador institucional da UFRJ com o exterior, o DRI estabelece o diálogo com instituições de natureza acadêmica – como universidades e institutos de pesquisa – e órgãos governamentais – como embaixadas, consulados e agências internacionais. Em conjunto com o desenvolvimento de parcerias internacionais, o DRI mantém uma rede nacional de relacionamentos que inclui o MEC/SESu, o Ministério das Relações Exteriores e agências de fomento como a CAPES e o CNPq. 

 

Organizacionalmente, o DRI divide-se em três seções: Relações Internacionais, Acordos Acadêmicos Internacioanis e Mobilidade. Resumidamente, a seção de Relações Internacionais encarrega-se do estabelecimento de relações com o exterior, da busca e divulgação de oportunidades para o público interno, da recepção de delegações estrangeiras e da representação da UFRJ no Brasil e no exterior. A seção de Acordos Acadêmicos Internacionais tem como função orientar sobre e acompanhar a tramitação dos processos de acordos desde sua abertura pelo(a) proponente até sua assinatura . A seção de Mobilidade, por sua vez, ocupa-se dos programas de mobilidade acadêmica internacional.

 

Nossa História 

 

Criado em 1994 como Setor de Convênios e Relações Internacionais (SCRI), a atual Diretoria de Relações Internacionais - DRI é o órgão é responsável pela coordenação dos programas de intercâmbio acadêmico e criação e manutenção de acordos de cooperação internacional, além da representação da UFRJ em foros internacionais, voltados para ampliar os horizontes dos membros da comunidade acadêmica da UFRJ por meio do convívio e interação com outras culturas.

Ao desenvolver a cooperação acadêmica, técnica, científica e cultural entre a UFRJ e centenas de universidades estrangeiras, a DRI tem possibilitado aos alunos, professores, investigadores e corpo técnico local realizem intercâmbios e projetos conjuntos em instituições parceiras do mundo todo. À DRI cabe também a gestão de inúmeros projetos de mobilidade acadêmica internacional, que permitem aos estudantes da UFRJ e de instituições internacionais parceiras a troca acadêmica de experiências. Alguns desses projetos proporcionam aos estudantes bolsas de estudos com o intuito de dar o suporte necessário para materialização do sonho de intercâmbio acadêmico.

A DRI dividi-se em três seções organizacionais: Relações Internacionais, Acordos Acadêmicos Internacionais e Mobilidade Internacional. Resumidamente, a seção de Relações Internacionais encarrega-se do estabelecimento de relações com o exterior, da busca e divulgação de oportunidades para o público interno, da recepção de delegações estrangeiras e da representação da UFRJ no Brasil e no exterior. A seção de Acordos Acadêmicos Internacionais tem como função orientar sobre e acompanhar a tramitação dos processos de acordos desde sua abertura pelo(a) proponente até sua assinatura. A seção de Mobilidade, por sua vez, ocupa-se dos programas de mobilidade acadêmica internacional.

 

Nossos Números 

 

Estatíticas Mobilidade Regular do SCRI (Nº de Alunos X Universidades)

EST - Alunos Estrangeiros 2013.1.pdf - Estudantes Incoming 2013.1

EST - Alunos Estrangeiros 2013.2.pdf - Estudantes Incoming 2013.2

EST - Alunos UFRJ 2013.2-2014.1.pdf - Estudantes Outgoing 2013.2 - 2014.1

UFRJ DRI - Diretoria de Relações Internacionais
Desenvolvido por: TIC/UFRJ